Konkero | O guia para seu dinheiro valer mais

Os custos para contratar uma máquina de cartão

Compare as melhores opções de máquinas de cartão

  • Você prefere comprar ou alugar uma máquina?

    Comprar
    Alugar

  • Você precisa imprimir recibos de pagamento?

    Sim
    Não

  • Qual tipo de conexão você vai usar na sua máquina?

    Chip
    Linha telefônica
    Wi-fi
    Bluetooth

  • Você vende mais no crédito ou no débito?

    Crédito
    Débito

    Trabalhar com formas de pagamento variadas é muito importante para manter a clientela de seu estabelecimento. Aceitar crédito e débito tem se tornado indispensável e diversas empresas comercializam este tipo de serviço no mercado. Grande parte dos estabelecimentos já aderiram a esta nova forma de pagamento que, dependendo do valor de seu faturamento, pode ser bem interessante.

    Quais são os tipos de máquinas de cartão de crédito e débito


    Existem máquinas de cartão de diversos tipos, as principais são POS, TEF e Mobile. Apesar de possuir características bem parecidas, é importante comparar para saber qual delas é a mais adequada de acordo com o seu negócio e faturamento mensal.

    POS: É o tipo de máquina mais conhecido. Ela precisa de um ponto fixo pois funciona conectada a uma linha telefônica.

    TEF: Tem o leitor idêntico a POS mas para funcionar precisa estar conectado a um computador por cabo, pois funciona integrada ao sistema de vendas e emissão de nota fiscal do estabelecimento.

    Mobile: São dispositivos que você conecta no Smartphone seja por cabo ou Bluetooth e ele se transforma em um leitor de cartão. Alguns modelos são independentes e funcionam com um chip de celular. São práticas e muito fáceis de usar.

    O que considerar na escolha de uma máquina de cartão


    Quando você contrata uma máquina e passa a aceitar cartões de crédito e débito como forma de pagamento, a cada venda são pagas algumas taxas para a empresa fornecedora, também chamada de empresa adquirente. Para pagamentos em débito, as taxas costumam ser menores do que para pagamentos em crédito e, em caso de parcelamento, as operadoras geralmente fazem um acréscimo de taxa em cada parcela. Além disso, algumas máquinas não estão à venda e só podem ser alugadas, o que pode gerar mais um custo mensal para o contratante.

    Para contratar a máquina de cartão que mais combina com você, vale levar em consideração detalhes como o tipo de conexão utilizada pelo leitor (que pode ser Wi-fi, Bluetooth ou rede de celular), o tempo que a empresa adquirente leva para disponibilizar o dinheiro de suas vendas nos cartões de débito e crédito, e também pesquisar sobre quais bandeiras são aceitas pela máquina de cartão que você escolheu. Essas informações podem variar de uma empresa adquirente para a outra, por isso, é importante pesquisar bem antes de fechar negócio.

    Entenda como usar este ranking


    Avaliação do Reclame Aqui


    É a avaliação feita pelos clientes das empresas adquirentes que usaram o Reclame Aqui para resolver algum imprevisto. Ela serve como indicativo da qualidade do atendimento da empresa porque mostra como ela se saiu ao atender o cliente.

    Taxas sobre vendas


    As taxas cobradas pelas empresas adquirentes variam de acordo com o tipo de máquina escolhido. Existem empresas que cobram um valor fixo mensal para o estabelecimento usar a máquina, já outras, permitem a compra da máquina, cobrando apenas um valor pelo leitor.

    A escolha das menores taxas influencia diretamente no valor dos produtos vendidos. Por isso, vale a pena comparar, negociar com as operadoras e escolher aquela que garante ao lojista o pagamento de taxas menores.